ARTE NA USINA
SAFRA 2018

CATARSE
CRIATIVA

Nove dias de vivências, criação e produção artística, estimulando a ressignificação do passado canavieiro e a construção de novas perspectivas de futuro.

A Safra 2018 do Festival Arte na Usina conta com uma diversificada programação cultural, reunindo conceituados artistas pernambucanos e de outras partes do país. As atrações contemplam as artes em suas várias e híbridas linguagens.

Também são realizadas visitas mediadas por arte-educadores pelo circuito cultural do Parque Artístico-Botânico, estimulando a interação com a natureza e a reflexão sobre outras possibilidades de ocupação do espaço.

Em sintonia com os demais projetos da Usina de Arte, busca-se alargar os horizontes culturais e econômicos da Vila Santa Terezinha e seu entorno, apostando na arte como instrumento de transformação social.

Os shows, exposições, vivências de cocriação, oficinas e visita ao circuito cultural são gratuitos.

 

Josildo Sá
Josildo Sá

COMO PARTICIPAR

De 09 a 17 de novembro de 2018

Inscrições: Somente as oficinas dos fins de semana exigem inscrições prévias. Confira a programação a seguir e garanta a sua vaga.

Hospedagem: os moradores de Santa Terezinha alugam leitos, casas e camping para os visitantes. Conheça as opções disponíveis na seção Visite e faça a sua reserva.

Como chegar: no mapa, indicamos a localização e a melhor forma de chegar à Usina de Arte, partindo do Recife, Maceió e Litoral Sul de Pernambuco.

 

 

Almério
Almério

Acesse o Convite Online

ATRAÇÕES
E PROGRAMAÇÃO

Dia 1: 09/11 - Sexta-feira

NOITE

21h

Cerimônia

Abertura da Safra 2018 do Festival Arte na Usina

Show

Beto Hortis e Orquestra de Câmara de Pernambuco

Show

Josildo Sá

Dia 2: 10/11 - Sábado

MANHÃ

10 às 12h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

TARDE

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14 às 18h

Oficina / Multilinguagem

Território de Cura: Arte, Natureza e Ancestralidade Com Rodrigo Bueno

14h às 18h

Oficina / Escultura

Fragmento Somado com Aline Albuquerque

14h às 17h

Expedição

Expedição de Investigação Poética com Clemente Padín

15h

Circuito Cultural*

Visitas mediadas por arte-educadores pelo circuito cultural da usina para apreciação das obras de Bené Fonteles, Brunaléu, Flávio Cerqueira, Hugo França, José Rufino, Marcelo Silveira, Márcio Almeida, Paulo Bruscky e Paulo Meira. Ponto de Partida: Hangar José Rufino.

NOITE

21h

Show

Adiel Luna

Show

Almério

*Sujeitos a negociação com os guias

Dia 3: 11/11 - Domingo

MANHÃ

10 às 12h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

TARDE

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14 às 18h

Oficina / Multilinguagem

Território de Cura: Arte, Natureza e Ancestralidade Com Rodrigo Bueno

14h às 18h

Oficina / Escultura

Fragmento Somado com Aline Albuquerque

14h às 17h

Expedição

Expedição de Investigação Poética com Clemente Padín

15h

Circuito Cultural*

Visitas mediadas por arte-educadores pelo circuito cultural da usina para apreciação das obras de Bené Fonteles, Brunaléu, Flávio Cerqueira, Hugo França, José Rufino, Marcelo Silveira, Márcio Almeida, Paulo Bruscky e Paulo Meira. Ponto de Partida: Hangar José Rufino.

*Sujeitos a negociação com os guias

Dia 4: 12/11 - Segunda

MANHÃ

09 às 12h

Vivência de Cocriação/ Multilinguagem

Mamam na Estrada

TARDE

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Fotografia

Fotografia de Família para Crianças com Carolina Pires

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Desenho

Oficina de Desenho: Técnica e Inspiração com Clara Moreira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Literatura

Literatura e Tradição Oral com Adélia Oliveira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Dança

A Dança no Corpo Desse Lugar - Experimentos Contemporâneos com Grupo Experimental

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Cerâmica

Mensagens do Barro – Investigações Poéticas com Leopoldo Nóbrega e Maria do Carmo da Silveira Xavier

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Pintura

Autorrepresentação com Tonfil

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Artes Visuais

Mosaico Contemporâneo com Fábio Delduque

Dia 5: 13/11 - Terça-feira

MANHÃ

09 às 12h

Vivência de Cocriação/ Multilinguagem

Mamam na Estrada

TARDE

14h às 18h

Vivência de Cocriação/ Moda

Moda e Ressignificação com Ronaldo Fraga

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Fotografia

Fotografia de Família para Crianças com Carolina Pires

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Desenho

Oficina de Desenho: Técnica e Inspiração com Clara Moreira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Literatura

Literatura e Tradição Oral com Adélia Oliveira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Dança

A Dança no Corpo Desse Lugar - Experimentos Contemporâneos com Grupo Experimental

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Cerâmica

Mensagens do Barro – Investigações Poéticas com Leopoldo Nóbrega e Maria do Carmo da Silveira Xavier

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Pintura

Autorrepresentação com Tonfil

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Artes Visuais

Mosaico Contemporâneo com Fábio Delduque

Dia 6: 14/11 - Quarta-feira

MANHÃ

09 às 12h

Vivência de Cocriação/ Multilinguagem

Mamam na Estrada

TARDE

14h às 18h

Vivência de Cocriação/ Moda

Moda e Ressignificação com Ronaldo Fraga

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Fotografia

Fotografia de Família para Crianças com Carolina Pires

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Desenho

Oficina de Desenho: Técnica e Inspiração com Clara Moreira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Literatura

Literatura e Tradição Oral com Adélia Oliveira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Dança

A Dança no Corpo Desse Lugar - Experimentos Contemporâneos com Grupo Experimental

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Cerâmica

Mensagens do Barro – Investigações Poéticas com Leopoldo Nóbrega e Maria do Carmo da Silveira Xavier

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Pintura

Autorrepresentação com Tonfil

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Artes Visuais

Mosaico Contemporâneo com Fábio Delduque

NOITE

21h

Show

Em Canto e Poesia com Bia Marinho

Dia 7: 15/11 - Quinta-feira

MANHÃ

09 às 12h

Vivência de Cocriação/ Multilinguagem

Mamam na Estrada

TARDE

14h às 18h

Vivência de Cocriação/ Moda

Moda e Ressignificação com Ronaldo Fraga

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Fotografia

Fotografia de Família para Crianças com Carolina Pires

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Desenho

Oficina de Desenho: Técnica e Inspiração com Clara Moreira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Literatura

Literatura e Tradição Oral com Adélia Oliveira

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Dança

A Dança no Corpo Desse Lugar - Experimentos Contemporâneos com Grupo Experimental

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Cerâmica

Mensagens do Barro – Investigações Poéticas com Leopoldo Nóbrega e Maria do Carmo da Silveira Xavier

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Pintura

Autorrepresentação com Tonfil

14h às 17h

Vivência de Cocriação / Artes Visuais

Mosaico Contemporâneo com Fábio Delduque

NOITE

20h

Show

DJs Edinho Jacaré e Valdir Português (Noite Cubana)

Show

Bruno Lins

Dia 8: 16/11 - Sexta-feira

MANHÃ

09 às 12h

Vivência de Cocriação/ Multilinguagem

Mamam na Estrada

TARDE

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14h às 17h

Cerimônia

Cerimônia de Culminância das Vivência de Cocriação

15h

Circuito Cultural*

Visitas mediadas por arte-educadores pelo circuito cultural da usina para apreciação das obras de Bené Fonteles, Brunaléu, Flávio Cerqueira, Hugo França, José Rufino, Marcelo Silveira, Márcio Almeida, Paulo Bruscky e Paulo Meira. Ponto de Partida: Hangar José Rufino.

NOITE

21h

Show

Chico César

Show

DJ Dolores

*Sujeitos a negociação com os guias

Dia 9: 17/11 - Sábado

MANHÃ

10 às 12h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

TARDE

14 às 18h

Exposição

Clemente Padín: Poesia Visual

14h às 18h

Oficina / Multilinguagem

O Encontro Como Processo Criativo com Virgínia de Medeiros

14h às 18h

Oficina / Artes Visuais

Registro de uma Folha com Estela Miazzi

15h

Circuito Cultural*

Visitas mediadas por arte-educadores pelo circuito cultural da usina para apreciação das obras de Bené Fonteles, Brunaléu, Flávio Cerqueira, Hugo França, José Rufino, Marcelo Silveira, Márcio Almeida, Paulo Bruscky e Paulo Meira. Ponto de Partida: Hangar José Rufino.

NOITE

21h

Show

Cordel do Fogo Encantado

Show

DJ Lala K

*Sujeitos a negociação com os guias

EXPOSIÇÃO

Poesia visual - Exposição

Clemente Padín

Datas: 10 a 17/11
Horários: 14 às 18h, de seg à sex; das 10h às 12h e das 14h às 18h aos sábados e domingo.

Bio do Artista: Nasceu em 8 de Outubro de 1939 em Lascano, Rocha, R. O. do Uruguai. Poeta, artista e artista gráfico, performer, video maker, artista multimídia e de internet. Licenciado em Letras Hispánicas na Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, Universidad de la República, no Uruguai. Director das revistas Los Huevos del Plata (1965-1969), OVUM 10 e OVUM (1969-1975), Participación (1984-1986) e Correo del Sur (2000). Desde a performance "A poesia deve ser feita por todos", Montevidéu, 1970, fez centenas outras e é autor de 20 livros e centenas de notas e artigos. Em 2016, ele foi convidado para o NIPAF 16, um dos eventos mais importantes do mundo em performances realizadas em Tóquio, Osaka e Nagano, no Japão. Ele participou de vários eventos na Internet desde 1992 e editou dois CD-ROMs com trabalhos da Net Art.

Distinguiu-se com o premio PEDRO FIGARI PRIZE carreira artística em seu país, o Uruguai, 2005. Foi curador de Concentrado Acción, 2007 e do Encuentro de Poesía Experimental "Amanda Berenguer", agosto de 2008, ambos na Galeria do MEC, Montevidéu, Uruguai.
Ele publicou POSIÇÕES COMPLETAS, Ed. Del Lirio, México, México, 2014. Seu arquivo está no Arquivo Geral da UDELAR, Montevidéu, Uruguai, disponível para pesquisadores e estudantes. Ele foi distinguido com o prêmio de 400 ANOS da Universidade Nacional de Córdoba, Argentina, 2015.
É autor de 18 livros publicados na França, Alemanha, Holanda, Itália, Espanha, Rússia, Venezuela, Estados Unidos e Uruguai. Dentre eles: Los Horizontes Abiertos, duas edições, 1969 e 1989, Uruguay; Visual Poems, 4 edições incluindo Xexoxial Ed., Wisconsin, USA e Internet, 1969; Angulos, Ed. Amodulo, Milán, Italia, 1972; De la Representation a l´Action, Doc(k)s Ed., Marsella, Francia, 1975; Omaggio a Beuys, IAC Ed., Oldenburg, RFA, 1975-76; Peace = Bread, Fluxshoe Ed., New York, USA,1986 ; Action-Works, 3 edições, 1983-88-92 ; Art & People, Light and Dust, Wisconsin, U.S.A.,1996; Poesía Experimental, Factoría Merz Mail, Barcelona, España, 1999; La Poesía experimental Latinoamericana, 1950 - 2000, Inf. y Prod. S.L., Madrid, España, 1999; PAZ/PAN, poema interactivo, cd-rom, Montevideo, Uruguay, 2001; Poems to Eye, The Runaway Spoon Press, Florida, USA, 2002; La Poesía es la Poesía, Ediciones Imaginarias, Montevideo, Uruguay, 2003, etc. Tem publicado textos em dezenas de revistas e publicações em todo o mundo. Suas notas e artigos têm sido traduzidos para o inglês, português, francês, italiano, húngaro, holandês, alemão e russo e tem participado em inúmeros eventos na Internet desde 1992. http://clementepadin.blogspot.com/

 

OFICINAS

Inscrições abertas

Fragmento Somado

Aline Albuquerque

Data e horário: 10/11 e 11/11 | 14h às 18h.
Carga horária: 8 horas
Público: Educadores, artistas, estudantes e todos interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre práticas artísticas contemporâneas, a partir de 14 anos.

Através de moldagem em alginato - que copia partes minuciosas como poros da pele - serão feitas cópias de partes do corpo humano, como mãos, rosto, pés, finalizando com a esculturas de gesso através de um trabalho em grupo.

Bio do artista: Aline Albuquerque trabalha com três segmentos de arte: Artes plásticas, música e teatro. Iniciou sua carreira musical no ano de 2001 como intérprete e compositora criando e integrando a banda Sersônica. Profissionalizou-se em artes cênicas no ano de 2005 e trabalhou em peças teatrais voltadas à literatura brasileira. Ingressou na Escola de Música e Belas Artes no ano de 2006, cursando bacharelado em escultura e concluindo o curso com a pesquisa plástica hiper-realistas.
Para se inscrever, clique aqui.

 

Território de Cura: Arte, Natureza e Ancestralidade

Rodrigo Bueno

Data e horário: 10/11 e 11/11 | 14h às 18h.
Carga horária: 8 horas
Público: Educadores, artistas, estudantes e todos interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre práticas artísticas contemporâneas, a partir de 15 anos.

Esta oficina trabalhará a sensibilização espacial e do inconsciente, através da memória coletiva e do afloramento da intuição por meio dos sentidos do paladar, olfato, tato, escuta e visão.
O artista Rodrigo Bueno é idealizador do Ateliê Mata Adentro, um galpão no bairro paulistano da Lapa, onde articulam-se diversos processos criativos.
O ateliê recupera resíduos da cidade e os transformam em ambientes, encontros, pinturas e jardins que falam da continuidade da vida, do eixo que sustenta o todo, da cultura em constante movimento.
Para se inscrever, clique aqui.

 

O Encontro Como Processo Criativo

Virgínia de Medeiros

Data e horário: 17/11 | 14h às 18h.
Carga horária: 4 horas.
Público: Educadores, artistas, estudantes e todos interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre práticas artísticas contemporâneas acima de 21 anos (a oficina pode conter imagens com conteúdo impróprio para menores de idade.).

Oficina teórica. A partir da perspectiva prática vinculada a sua própria trajetória, Virginia de Medeiros debaterá questões atuais que permeiam a relação entre arte, empatia, afetos e política nos trabalhos realizados entre 2003 a 2018.
Virginia de Medeiros é artista visual e educadora, Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes-UFBA. Ao longo de sua trajetória realizou inúmeras exposições nacionais e internacionais, entre elas: 2017-2018: História da Sexualidade, MASP [São Paulo, SP]; 2017: Jogja Biennale XIV, Yogyakarta, Indonésia; 2016: La réplica Infiel, Centro de Arte 2 de Mayo [Madri, Espanha]; 2015: Rainbow in the dark: no joy e tormento of Faith, Malmö Konstmuseum [Malmö, Suécia]; 2014: Salón de Belleza [Beauty Salon], Utopian Pulse - Flares in the Darkroom [Viena, Áustria]; 2014: 31a Bienal de São Paulo: como (...) coisas que não existem. Pavilhão da Bienal [São Paulo, SP]; 2006: 27ª Bienal Internacional de São Paulo Como Viver Junto, Pavilhão da Bienal [São Paulo, SP], entre outras. Em 2015 ganhou o Prêmio PIPA voto popular e júri; foi artista premiada na 5ª Edição Prêmio Marcantonio Vilaça CNI / Sesi / Senai.
Para se inscrever, clique aqui.

 

Artes Visuais | Registro de uma Folha

Estela Miazzi

Data e horário: 17/11 | 14h às 18h.
Carga horária: 4 horas.
Público: Educadores, artistas, estudantes e todos interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre práticas artísticas contemporâneas com faixa etária livre.

A intervenção ‘registro de uma folha’ é uma ação que possibilita o público a levar em si o decalque/carimbo de uma folha no corpo. As plantas e folhas à nossa volta são características do lugar onde vivemos, elas são organismos vivos que estão presentes nas praças, vasos, frestas de muros e casas e sofrem interferências do tempo, do clima e da temperatura, assim como nosso próprio corpo.
Estela se formou em artes plásticas na FAAP (2012), participa de exposições coletivas, já foi premiada e continua sua pesquisa no campo das artes visuais. Ela sempre carrega consigo um caderno no qual desenha e escreve o que ficou do mundo nela. Estela ama desenhar e seus trabalhos sempre partem das linhas, das palavras e tempos de traduzir as coisas à sua volta.
Para se inscrever, clique aqui.

 

EXPEDIÇÃO Vagas destinadas à alunos de artes visuais com inscrições antecipadas

Expedição de Investigação Poética

Clemente Padín

Data e horário: 10/11 e 11/11 das 14h às 17h

Experiência poética sob forma de expedição pelas instalações da Usina de Arte, Usina Santa Teresinha e comunidades de entorno. A vivência terá início com uma conversa sobre poesia visual e performance, seguida da expedição, onde os participantes acompanharão o artista Clemente Padín, interagindo e colaborando com suas experiências e realizando atividades de criação entre os campos da poesia visual e da performance.

 

VIVÊNCIAS DE COCRIAÇÃO Vagas destinadas à população da Usina e arredores. Inscrições encerradas.

Fotografia de Família Para Crianças

Carolina Pires

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Alunos da Rede Pública de Ensino entre 8 e 11 anos.

O impacto que a fotografia tem na vida de um adulto é essencial para o entendimento dele como ser humano e seu papel na família, mas isso depende de como e quanto ele foi fotografado na sua infância. Então a proposta é trazer uma ideia de linguagem e aprofundamento do olhar cotidiano para que crianças possam produzir as imagens de sua infância e ter essa relíquia quando adultos.
Carolina Pires, formada em jornalismo pela UFPE, fotógrafa desde 2003, deu aula de fotografia na UFPE, na ONG Pró-Criança, Recife, ministra workshops pelo Brasil para fotógrafos e palestrou por 3 anos seguidos no Congresso FOTOGRAFAR, em São Paulo. Ganhou mais de 30 prêmios com fotografias de família e casamento. Atualmente mora no Rio de Janeiro onde fotografa grávidas, famílias e bebês.

 

Oficina de Desenho: Técnica e Inspiração

Clara Moreira

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Alunos e Professores da Rede Pública de Ensino a partir de 15 anos.

Apresentação do universo da criação artística em desenho de lápis de cor, através de exercícios práticos que oscilam entre técnica e inspiração intimista.
Clara Moreira (Recife, 1984) é artista visual. Tornou-se reconhecida pelo seu trabalho com ilustração ligado à produção independente de cinema no Brasil e devido a sua produção autoral, com participação em diversas exposições. Sua técnica de desenho, estritamente manual, é simultaneamente rigorosa e delicada. Com formação em arquitetura e mestrado em Desenvolvimento Urbano, já deu aulas de desenho artístico e desenho técnico para nível superior.

 

Literatura e Tradição Oral

Adélia Oliveira

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Professores da Rede Pública de Ensino.

A oficina tem por objetivo sensibilizar diversos profissionais em seus territórios sobre a importância da preservação da tradição oral. São processos circulares de resgate e preservação das histórias locais, a partir das narrativas das comunidades.
Adélia Oliveira é especialista em Literatura Infantil e Juvenil. Assessora pedagógica do programa Prazer em Ler/Instituto C&A acompanhando desenvolvimento de Redes de Bibliotecas Comunitárias em vários lugares do Brasil. Coordenadora Pedagógica e facilitadora do curso de formação “Mediação de Leitura: construção de sentidos para a prática” - Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ). Coordenadora Pedagógica do curso de formação continuada em Mediação de Leitura “Nas Asas da Palavra” - Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF). Coordenadora do projeto Coisas que se contam nas Olindas - Histórias e Música. Integrante do Fórum Pernambucano em Defesa das Bibliotecas, Livro, Leitura e Literatura. Integrante do grupo Grão de Histórias. Tem seu percurso profissional inter-relacionado com a formação de leitores, desenvolvimento de bibliotecas, ensino da leitura e narração oral.

 

A Dança no Corpo Desse Lugar - Experimentos Contemporâneos

Grupo Experimental

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Alunos e Professores da Rede Pública de Ensino a partir de 16 anos.

A vivência propicia a união entre o cotidiano local e a composição de elementos que possibilitam a criação em dança, conduzindo o público a traduzir com o corpo as singularidades do dia a dia. Um Experimento que fala sobre esse corpo e a relação com os lugares que ocupam no meio social, político e cultural.
Mônica Lira é bailarina, coreógrafa e diretora do Grupo Experimental desde 1993, ano de sua fundação. Assina mais de 20 obras do grupo, dentre elas Conceição, Zambo, Pontilhados e Breguetu, trabalhos recentes do grupo, que estão no repertório comercial da companhia.

 

Mensagens do Barro – Investigações Poéticas

Leopoldo Nóbrega

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Alunos e Professores da Rede Pública de Ensino a partir de 16 anos.

Artista convidada para as 2 primeiras aulas: Maria do Carmo da Silveira Xavier.
A oficina realizará a exposição de objetos cerâmicos para compor o set criativo, trabalhará a investigação das texturas e iconografia, além de técnicas de preparação de argila, reconhecimento dos materiais de cerâmica, ferramentas, etc.

 

Pintura - Autorrepresentação

Tonfil

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Alunos e Professores da Rede Pública de Ensino.

Nesta vivência, o artista Tonfil pretende estimular o desenvolvimento de habilidades básicas de autorrepresentação visual para que a comunidade da Usina Santa Terezinha possa produzir autorretratos. Tanto quanto estimular questões individuais ligadas à autoestima, os produtos desta oficina podem ser usados como ferramentas para o conhecimento das subjetividades sociais da comunidade: ao se retratar, os alunos devem também elencar elementos e significâncias do mundo social ao redor. Ao final da oficina, os desenhos e pinturas produzidos devem compor uma grande obra para apresentação na culminância da edição 2018 do Festival.
Também músico, intérprete que começa a ser conhecido como ponte entre a musicalidade do Sertão do Pajeú e a poética da música pernambucana contemporânea urbana, natural de São José do Egito, neto do mítico Louro do Pajeú, Tonfil é também artista visual. A pintura e a escultura são suas principais formas de expressão. Formado pelo Instituto Federal de Pernambuco em Artes Visuais no ano de 2017, Tonfil tem pesquisado e trabalhado suas narrativas visuais sobre os processos sociais de representação dos indivíduos e a construção de estereótipos.

 

Arte visuais - Mosaico Contemporâneo

Fábio Delduque

Data e horário: 12/11 a 16/11 | 14h às 17h
Público: Alunos e Professores da Rede Pública de Ensino a partir de 12 anos.

A proposta é ensinar um ofício que parte da técnica ancestral dos mosaicos, porém com materiais de construção encontrados na região e refugos tais como azulejos, garrafas de vidro, pedras, tijolos, peças fundidas de ferro, louças, pratos, canecas de louça, copos de vidro, etc. A oficina deve transmitir uma técnica num suporte de madeira compensada para que cada aluno faça um trabalho individual e também um grande mural coletivo como culminância.
Artista plástico multidisciplinar, tem em seu currículo exposições, instalações, pinturas mural, cenários, performances, direção de arte de shows e cinema além de uma intensa atividade como produtor cultural e curador. Responsável pela curadoria de artes visuais de diversos festivais e equipamentos culturais a exemplo do SESC Presidente Prudente e do Festival Arte na Usina desde a sua criação em 2015. É curador, diretor artístico e um dos criadores do Festival Arte Serrinha que em 2018 completou 17 anos, sendo reconhecido como um dos eventos culturais mais significativos do inverno brasileiro.

 

Moda e Ressignificação

Ronaldo Fraga

Data e horário: 13/11 a 15/11 | 14h às 18h
Público: Alunos do Sebrae.

Oficina de upcycling com o estilista Ronaldo Fraga buscando o redesenho de peças e acessórios utilizando peças e materiais que pedem para se transformar em outras coisas.

 

Multilinguagem

Mamam na Estrada

Data e horário: 12/11 a 16/11
Série de 6 oficinas destinadas ao público infantil (04 a 12 anos) realizadas através do programa Mamam na estrada – organizado pela Coordenação de Arte e Educação do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães. As oficinas focam no aspecto lúdico e ambiental e buscam desenvolver o crescimento e a sensibilidade das crianças através da participação nas oficinas.

 

CIRCUITO CULTURAL

Dias 10, 11, 16 e 17/11 às 15. Ponto de partida: entrada do Parque Artístico-Botânico
Visitas mediadas por arte-educadores pelo circuito cultural da usina para apreciação das obras de Bené Fonteles, Brunaléu, Flávio Cerqueira, Hugo França, José Rufino, Marcelo Silveira, Márcio Almeida, Paulo Bruscky e Paulo Meira. Ponto de Partida: Hangar José Rufino.